sábado, 10 de abril de 2010

Bruxelas - Bélgica

Sobre Bruxelas tive que fazer muita pesquisa, eu não tinha muito conhecimento sobre o lugar, descobri que eles consideram o melhor chocolate, melhor cerveja e melhor batata-frita do mundo sendo a deles. Então, tive que tirar isso a limpo. Só a cerveja deixei pro Igor descobrir.
Outra coisa é que Os Smurfs, aqueles bichinhos azuis que viviam em cogumelos e eram atazanados pelo Gargamel e seu gato Cruel são belgas, lá recebem o nome de Schtrumpfs! O detetive Tin Tin, que só conseguia desvendar os crimes graças ao seu cachorro Milu, é criação do belga Hergé, e até mesmo o Jordy - aquele pivete que cantava em francês - hit do início dos anos 90, também é cidadão belga.
Mas chegando lá vi uma cidade muito bonita, agradável e com diversas atrações turísticas. Mas não muito segura, apesar de nada ter acontecido comigo, tive essa impressão. Chegamos fácil no albergue, o nome é 2GO4 Quality Hostel, adorei.

Pegamos o metrô e fomos pro norte da cidade, o primeiro lugar Atomium, que é uma estrutura composta de nove esferas interligadas por tubos, tem 102 metros de altura e fica no Parc D´Ossegem. Logo ao lado tem o Mini Europe, nesse eu entrei. Um parque temático com prédios em escala reduzida dos principais monumentos de países da Europa, feitos na escala 1:25. A entrada é meio salgada, € 13.00, mas compensa entrar, muito interessante e cheio de detalhes os monumentos.


O charme da cidade fica na Grand Place, foto acima, uma praça rodeada de prédios históricos do séc. 15 e 16, onde fica a Prefeitura, restaurantes e mercadinhos de flores. Andando pelas ruas ali perto, numa esquina, chega-se no Manneken-pis, a famosa estátua do menino fazendo xixi, pra chegar nele só seguir o fluxo.

Passei na Boutique do Tintin; comprei chocolates belgas em supermercado mesmo, uma delícia, a trufa foi a melhor da minha vida; tomei um vinho num bar e Igor uma cerveja legítima; comemos batata-frita, em cada esquina tem uma lanchonete de batatinha e de waffle.


Foram dois dias bem aproveitados, deu pra visitar os lugares turísticos e na manhã de domingo pegamos o trem para Luxemburgo. Nessa viagem comecei a usar o InterRail Global Pass.

6 comentários:

Daiane disse...

Que fotos lindass.. Sua viagem foi mágica..rs Parabenss!

camilabrito.ev disse...

Estou amando passear com você pela inglaterra!

Erica disse...

Oi, Érica!
Somos xarás.

Conheci seu blog no ano passado quando planejava a minha mudança pra Londres. Na época não mantive contato e a minha mudança foi adiada.
Agora, estou de volta ao planejamento e gostaria de tirar duvidas com voce sobre experiencia profissional lá. Acho que você pode me ajudar.

É possivel me comunicar com você por email?


Obrigada!

Adriana Farias disse...

Oi! Vi seu post na comunidade de Londres. Vi que escrevia um blog também.
Meu nome é Adriana e estou escrevendo um livro sobre Londres. Vou contar histórias de brasileiros que viveram por lá. Gostei dos poucos posts seus que eu li e queria saber se poderia te entrevistar de alguma forma.

Segue meu contato afarias.jornalismo @ gmail. com

Abs

Andréa Duarte disse...

Dá pra ter fluência apenas estudando por aqui? Que vontade de sair daqui e fazer o que vc fez.. não tenho marido, nem filhos, mas me falta coragem.. e dinheiro, mas isso a gente arranja. Ir assim, sozinha, na cara e na coragem, uau! Queria ser mais audaciosa, pq nada me prende ao Brasil, nada! Gostei d conhecer seu blog, mas vc se cansou dele, hã?! Beijos

Érica disse...

Oi Andrea! Que bom q gostou do blog, não cansei, mas acaba tendo outras prioridades, mas ainda quero terminar de postar de todas as cidades que fui.
Se nada te prende aqui (marido, filhos..) acho que tem q ir sim, dá um jeitinho, é muito bom conhecer novos lugares. Acho que não irá se arrepender! Dou a maior força e se precisar de mais dicas, só falar que adoro relembrar os passeios q fiz! Bjos