segunda-feira, 9 de junho de 2008

Difícil tarefa de conseguir o EC

Vou tentar resumir a longa jornada que foi pra chegar à Londres.
Eu (como muita gente) sempre tive vontade e curiosidade de estudar fora do Brasil, conhecer novas culturas, aprender inglês, fazer cursos e depois voltar na esperança de conseguir melhores oportunidades de trabalho no Brasil e melhores salários (será??). Sou formada em Publicidade e desde o último ano de facu eu já estava com vontade de ir estudar na Inglaterra, Canadá ou Austrália, então comecei a trabalhar na área e deixei essa vontade meio de lado. Comecei a namorar e depois de um tempo meu namorado perguntou na possibilidade de irmos pra Inglaterra, e como eu já tinha uma amiga morando em Londres, fiquei mais empolgada ainda com a idéia. Era tudo que eu queria.
Então fomos atrás de informações sobre o visto de estudante. Entrei na comunidade "Eu vou para Londres" no orkut, que me ajudou demais. Nós fizemos o processo como se não nos conhecéssemos, pois morávamos em cidades diferentes. Fizemos tudo sozinhos, sem despachante (às vezes penso se teria sido mais fácil se tivéssemos contratado alguém... bom, isso nunca vou saber). Montamos tudo que precisava e depois de dois meses recebemos a resposta.. Negado!
Resolvemos apelar.. mais documentos, justificativas e mandamos de novo pro RJ.
Depois de duas semanas nos avisam que o processo tinha sido enviado pra ser julgado no Reino Unido, se isso acontece demora de 6 meses a 1 ano pra vc ter resposta. Nessa altura eu já estava desanimada, fui atrás de outro trampo, continuei minha vida e "um dia" eu iria saber se ia ou não pra Londres.
Passados 9 meses recebo uma carta que meu processo tinha sido... Aprovado!! Ebaaa, demorou pra caramba, mas graças a Deus consegui. Mas a felicidade durou pouco, o apelo do meu namorado tinha sido negado. Bateu uma tristeza, eu não queria ir sozinha, não queria me separar dele.. então ele concordou em fazermos um novo processo, juntamos tudo, mais do que completo e mandamos pro Rio. Depois de uma semana... Negado! Caramba, não era possível aquilo!
Nisso eu já estava arrumando minhas coisas, já tinha comprado minha passagem e ele resolve fazer o apelo do segundo processo. Com uma semana pra minha viagem, ele recebe a resposta do apelo... Aprovadoooo!!! Nossa, foi um alívio, só alegria!
Depois só na expectativa da mudança, medo da imigração.. Ele foi duas semanas depois de mim. Mas tudo deu certo! Muita insistência e paciência conseguimos e aqui estamos. Depois conto como foi na imigração, ok! :-)

3 comentários:

wendelmorenodoaxe disse...

nossa meu desculpa invadir assim seu blog mais como vc postou lah para visitar qm qser axo q estou sendo o primeiro da comu a passear por aqui ...
mais entao ainda bem q td deu cert0pra vc ...
pq pra mim esta sendo muito dificil por causa da minha renda ...
mais espero poder tbm um dia realizar esse meu sonho q tenhgo deis dos meu 13 anos ....
espepro tbm passar por essa luta e sair imuni de td isso tbm .....
parabens e boa sorte..
abraços

Anônimo disse...

Mas qual o motivo afinal de contas para tanto visto negado? Acho que essa é a info mais importante para quem está lendo... e vc não citou.

Abraços.

Érica disse...

Resposta para o anônimo: Eu acredito que pra conseguir o visto vc tem que ter SORTE. O meu foi negado pq eles falaram que eu não provei em quê o inglês serviria para minha profissão e que meu patrocinador mostrava que tinha renda (holerites com valores altos) mas não tinha dinheiro disponível no momento (extrato utilizando limite de crédito). Para meu namorado, ele tem uma empresa com o pai dele de programação, foi negado pq falaram que ele nunca teve interesse em estudar inglês antes e pq tinha decidido estudar agora, que o curso de inglês não condiz com computação (como não??) e em quê um curso caro serviria para ele qdo retornasse ao Brasil. Bom, foram esses os "motivos". Mas nos apelos mandamos documentos provando o contrário de cada parágrafo que eles alegaram.
Abraços!